sexta-feira, 13 de maio de 2011

A Literatura de A.A.


A Literatura de A.A.

Um companheiro de São Paulo, chamado Donald L., se dispôs a traduzir o livro Alcoólicos Anônimos e comunicou-se com o GSO, que respondeu sua carta em outubro de 1966 sugerindo-lhe a tradução dos onze primeiros capítulos, após a formação de um Comitê de Tradução.

Após longas discussões com A.A.W.S (Alcoholics Anonymous World Service) ocorreu a concessão para impressão do livro Alcoólicos Anônimos.

A publicação do livro Alcoólicos Anônimos, conhecido no Brasil como Livro Azul, proporcionou o intercâmbio oficial entre os Grupos existentes na época e o seu cadastramento, uma vez que o CLAAB ia anotando os endereços, dias e horários de reuniões, conforme as solicitações do livro pelos Grupos, fornecendo-os às pessoas que buscavam ajuda.

Isto abriu caminho para que as demais obras de A.A. tivessem suas traduções aprovadas e publicadas.

A literatura tem desempenhado um importante papel no crescimento de A.A. Um fenômeno notável no último quarto de século foi a explosão de traduções de nossa literatura básica para inúmeros idiomas e dialetos. Em cada um dos países em que a semente de A.A. foi plantada, ela primeiro fincou raízes lentamente, passando a crescer a passos largos a partir do momento em que se pulgou a literatura. Atualmente o livro "Alcoólicos Anônimos" está traduzido para quarenta e três idiomas.

À medida que a mensagem de recuperação alcançava um número cada vez maior de pessoas, ela também passou a afetar as vidas de uma crescente variedade de alcoólicos. Quando a frase "Somos pessoas que, normalmente, não se encontrariam juntas" (citada neste livro) foi escrita em 1939, ela se referia a uma Irmandade composta em sua maioria por homens (e umas poucas mulheres) provenientes de um ambiente social, ético e econômico bastante parecido. Como muitas outras partes do texto básico de A.A., estas palavras revelaram-se muito mais proféticas do que nossos membros fundadores sequer poderiam imaginar. As histórias acrescentadas a esta edição representam a participação em nossa Irmandade de pessoas cujas características - de idade, gênero, raça e cultura - se ampliaram e se aprofundaram para incluir virtualmente qualquer inpíduo que os nossos primeiros cem membros poderiam esperar atingir.

Enquanto nossa literatura preserva a integridade da mensagem de A.A., amplas mudanças na sociedade como um todo se refletem em novos hábitos e procedimentos dentro da Irmandade. Por exemplo, aproveitando-se dos avanços tecnológicos, os membros de A.A. que dispõem de computador podem participar de reuniões por internet, compartilhando com companheiros alcoólicos de todo o país e do mundo inteiro. Em qualquer reunião, em qualquer lugar, os AAs compartilham entre si experiências, forças e esperanças com o propósito de manterem-se sóbrios e ajudarem outros alcoólicos. Modem a modem ou cara a cara, os AAs falam a linguagem do coração em todo o seu poder e simplicidade.



Alcoólicos Anônimos conta com um acervo de livros, livretes e folhetos que descrevem o funcionamento de A.A., seu programa de recuperação, suas Tradições e seu histórico.
Aborda não somente os meios necessários e indispensáveis à recuperação de alcoólicos como também fornece, ao público e aos profissionais ligados à área do alcoolismo, os subsídios inerentes à Irmandade como um todo.
-

( Alcoólicos Anônimos Primeiras Noções )
___________________________________

A Literatura de Alcoólicos Anônimos
-

*Livros

-Alcoólicos Anônimos
-Alcoólicos Anônimos Atinge a Maioridade
-Os Doze Passos e as Doze Tradições
-Viver Sóbrio
-Na Opinião do Bill
-Reflexões Diárias
-Viemos a Acreditar
-Levar Adiante
-Dr. Bob e os Bons Veteranos
-Compartilhando a sobriedade
-A Linguagem do Coração
-Despertar Espiritual
**

*Livretes e Folhetos

-Alcoólicos Anônimos em sua Comunidade
-Alcoólicos Anônimos Primeiras Noções
-A.A. Como Funciona ?
-Dentro de A.A.
-Os Jovens e A.A.
-A.A. para a Mulher
-O Melhor de Bill
-O Grupo de A.A.
-Você Pensa que é Diferente?
-Memorando a um Recluso que pode ser um Alcoólico
-44 Perguntas e Respostas
-A.A. e a Classe Médica
-Um Clérigo Pergunta a Respeito de A.A.
-Perguntas e Respostas sobre Apadrinhamento
-A.A. em Instituições de Tratamento
-Carta a uma Mulher Alcoólica
-O Membro de A.A. - Medicamentos e Outras Drogas
-Eis o A.A.
-Entendendo o Anonimato
-Falando em Reuniões de Não-A.A.
-A.A. como um Recurso para os Profissionais da Saúde
-A Tradição de A.A. - Como se Desenvolveu. Por Bill W.
-Três Palestras às Sociedades Médicas por Bill W., co-fundador de A.A.
-Se Você for um Profissional
-Outros Problemas Além do Álcool
-Um Recém-chegado Pergunta
-Você deve Procurar o A.A.?
-Uma Mensagem para os Jovens
-RSG - Representante de Serviços Gerais
-Um Pequeno Guia para A.A.
-O Artigo de Jack Alexander Sobre A.A.
-Sugestões para Coordenar Reuniões de Novos
-A.A. Primeiras Noções
-A.A. num Relance
-Uma Mensagem aos Administradores de Instituições Correcionais
-Os Co-fundadores de A.A.
-Os Doze Passos Ilustrados
-As Doze Tradições Ilustradas
-A.A. é para Mim?
-A.A. Como Funciona?
-A.A. e o Programa de Assistência aos Empregados
-Auto-Suficiência pelas nossas Próprias Contribuições
-Carta ao Tesoureiro de um Grupo de A.A.
-Guias do CTO
-Guia de Orientação de A.A. na Internet
-Guias do R.V.
**

*Literatura de Serviço

-Os Doze Conceitos para Serviços Mundiais
-Os Doze Conceitos para Serviços Mundiais Ilustrados
-Manual de Serviços de A.A.
**

Site: http://www.alcoolicosanonimos.org.br/modules.php?name=Conteudo&pid=50

2 comentários:

  1. Gostaria de adquiri os livros Reflexões diária e Na Opinião de Bill. Onde posso adquiri-los? Pode me informar? Obrigada

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de adquiri os livros Reflexões diária e Na Opinião de Bill. Onde posso adquiri-los? Pode me informar? Obrigada

    ResponderExcluir